Jazz Depois da Meia​-​Noite

by Horace Green

supported by
/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:11
2.
03:07
3.
02:47
4.
02:38
5.
04:01
6.
02:43
7.
8.
9.
02:42
10.
04:40

about

Gravado entre Agosto e Setembro de 2015 nos estúdios El Rocha, Family Mob e Estúdio Subway.

Instrumental gravado por Fernando Sanches e Eric Yoshino,
Vozes gravadas por Gustavo Inca e Anderson Lima,
Mixado e Masterizado no Estúdio El Rocha por Fernando Sanches.

Produzido por Fernando Sanches e Horace Green.

Vozes em Gasolina por: Eric (Blear) e Diego (CHCL)

Lançado por Hearts Bleed Blue

credits

released October 8, 2015

tags

license

all rights reserved

about

Horace Green Sao Paulo, Brazil

Shamil - Vocal
Fernando - Bateria
Guilherme - Guitarra
Clayton - Baixo

contact / help

Contact Horace Green

Streaming and
Download help

Track Name: Chão
Os anos já passaram, não pude ver
O que mais falta descobrir sobre você?
E hoje há tanto a acertar que perdi de vista
O que nos protegia de nós mesmos

Então que seja assim, sem medo de se machucar
Esse mundo é cruel demais sem a gente ao menos se esforçar

Então sejamos nós, juntos tentando enfrentar, alcançar,
Tudo o que nos faz viver

Pouco me importa um chão se eu não tiver você
Pra me mostrar o lado bom de tanto cansaço

E eu entendo quando diz "já cansei"
Mas eu me importo, você sente isso também?
Depois te tanto tempo o desgaste é sem porquê
Superar já é comum

Então que seja assim
Então sejamos nós
Track Name: Veo
Uma infância perdida
Centavos geram milhões
O sofrimento apagado
Uma nova oferta
Ofusca o sangue

O seu prazer e a dor
O seu prazer quanta dor gerou?
O seu prazer, nova dor

Mais uma vez
Você consome a dor
E o ego limpa o que há por trás
Lágrimas não vão curar
Toda dor que eu lhe causei
Seu sofrimento me fez bem
Track Name: Gasolina
Entenda o tamanho da minha frustração
Em ter que explicar de novo
Que isso para mim é bem maior
Do que apenas sangue e suor,
Impregnado nas paredes
De cada bueiro que eu já passei

Eu ergo as armas como se não fosse ter
Uma outra chance pra aumentar o volume até estourar
A voz até não funcionar, só pra poder olhar pra trás quando acabar

Ver que alguém sentiu que há uma opção melhor do que viver no padrão

E eu não me importo com o cansaço e as noites mal dormidas
Compromissos que perdi, tantas contas atrasadas
Tudo isso pouco importa quando há um palco para gritar

Ainda há tanto pra correr, tanto pra se ver
Não tente dizer que vai chegar o dia em que vou me cansar

Eu fecho os olhos e encaro o mal estar
Outro gole d´água e fechar a janela
Pra encarar mais quinze horas pra chegar
Só pra poder olhar pra frente e começar

Descarregar o peso e preparar
Só mais dez, outro chão já vai sumir

Usar o medo de combustível de motor para chegar onde preciso
Track Name: Alpha
Eu sou a voz que sussurra ao seu ouvido
Sou o medo de voltar sozinha à noite pra casa

Eu que controlo o tamanho das roupas
Eu que te obrigo a sofrer

Sou aquele que olha
Sensação que a culpa é sua
Te convenço à mudança
Eu que bebo e lhe bato a cara

Espalho o medo, esmago a autoestima
Espalho o medo em ti

Sou cultura, travestido e escondido
Em dogmas que todo patriarcado
Finge não existir aqui

O agressor sempre vitimizado

Eu sou a mãe que por medo ensina
A filha abaixar a cabeça perante o mundo sexista

Eu sou apenas uma peça do sistema
Que fabrica essas burcas de nossos dias
Eu sou o abuso coletivo
Eu sou o machismo que habita em você
Track Name: Monstros
Seu sorriso apagado
Olhos vazios não brilham como antes
A saída está fechada
Ela não consegue mais pensar

Tudo está escuro e frio
Seus gritos não fazem mais diferença
Em meio ao caos

E outra gota de suor pinga em seu rosto
O gosto amargo voltou
E não há mão pra segurar
Olhando para o teto ela reza pra acabar

E a mão em sua boca
Socorro escapa entre os dedos
De um tapa seco

Transforme suas pedras em flores
Gritos de hoje serão sua força

Não chore mais pobre criança
Limpe o sangue
Seque as lágrimas e apague sua dor
Cresça forte bela criança
Renove o sangue
Monstros do passado
Não duram para sempre
Track Name: Azul
Me pinta o sangue e tira esse azul
Me deixa lembrar de dias que os planos
Não pareciam ter um prazo ou fim

E eu me odeio um pouco mais
Por ter ficado aqui

Cada dia quando penso
No tempo que perdi
Cada dia quando penso
Na falta que me faz

E a vida é como gás, dissipa

E eu não lembro de aprender
O que o vazio traz

Não aprendi a assimilar a dor
E mesmo que eu não possa ter
Outra chance de acertar,
Vou lembrar de você
Me gritando pra eu não errar

Minha mente não mente
Quando eu penso em você
Por que continuar assim?
Os nossos corações não mentem Isso eu sei

Momentos que guardei

E eu agradeço
E eu te agradeço
Track Name: Sem Deuses, Sem Mestres e Sem Gênero
Querendo ser, viver simples assim
Ainda há tanto em mim
Sonhando em explodir
E desatar amarras

O que te falta? O que você procura aqui?

"Deus não te quis assim"
Pra mim tanto faz
Suas histórias tão batidas
E eu sei que suas ideias vem da televisão
Sua reza, seu dogma, sua frustração

O que te falta?
O que você procura aqui?
O que te falta?
Quando o meu mundo te feriu?

Meu sangue escorre pelas tuas mãos
Lembro de cada dia que tirou de mim
Meu sangue corre nas tuas palavras
Do ódio que seu Deus proferiu a nós
Track Name: Sem Heróis, Sem Medalhas e Sem Futuro
Errei em acreditar e ver na poesia
Algo real, algo além
Não me convencem mais
Meus heróis não me convencem mais

Sei que estou melhor
Sou diferente de você
Que dita regras novas
Com base em velhas glórias
Tentando esconder que não sobrou
Mais nada de quem foi

Pro inferno com o teatro e a promoção
Tanta vitrine no fim vai servir pra quê?
Acorde, o seu tempo já passou

Pra que gritar que você faz com o coração?
Tanto desgaste no fim vai servir pra quê?
Acorde, não tem volta, não importa
O seu tempo já passou

Prefiro me ausentar

Melhor assim
Sem me comprometer com planos vazios
Sem ter que frustrar quem mais me ajuda
Eu vejo tudo claro é só outra cortina
Que abre e fecha pra você se sentir especial

Não!
Track Name: Ultrassom
Eu quero fazer disso
Algo maior que a minha vida
E que todas essas mensagens
Possam chegar bem mais longe
Eu sei tenho milhões de motivos
Para fazer algo a mais

Para viver o ideal
Para viver o melhor enfim

Sei que sonhei demais
Não tenho a quem culpar
E agradecer além de mim
Nunca desisti de nada
Tão fácil assim, sem nem lutar!
Obrigado vida por não terminar
Sem ninguém lembrar
Minha vez de ser bem mais

Para viver o ideal
Para viver o melhor enfim

Sempre melhor!
Eternizar na madeira
E encontrar o azimute para me superar
Eu quero fazer disso algo maior
Track Name: Mirante
Um barco à deriva e perdido
Em meio às ondas o caos ascende
Um barco carregado afundou
Sem saber bem o porquê

E o mirante fixa minha visão, me guia em pleno alto mar

Sobrou angústia e desespero
A bússola só me faz perder
Entenda que não há muito pra fazer
Quando sobra apenas o mar a te afogar

Ao fundo já cheguei
No fundo mar já perdi o ar, nadei em vão, cansei
Por muitas vezes tentei quando tudo afundou
E ainda estava lá o mirante a me guiar

E o mirante fixa minha visão, me guia em pleno alto mar
E o mirante brilha e guia o meu corpo através do mar